• MyAccount
  • Wishlist
  • Logout
Carrinho 0
MenuLojas KIKO
  • Lojas KIKO
  • MyAccount
  • Wishlist
  • Logout

Maquilhagem dos anos 60: conselhos, fotos e um guia step by step

60ies vibes? Deixe-se inspirar pelas propostas da KIKO e consiga uma maquilhagem intemporal anos 60!

Há tendências de moda e de make-up destinadas a tornarem-se estrelas cadentes e depois há os outros looks eternos que ultrapassam os limites temporais, permanecendo sempre atuais, como a make-up dos anos 60. Tendo-se tornado icónica para todos os efeitos, está sempre super em voga entre as estrelas pop, atrizes e modelos, mesmo na atualidade. Desde a chegada à Lua, à cultura pop, passando pelas minissaias e vestidos trapézio, até aos penteados volumosos, descubra o lado glamoroso de uma das décadas mais revolucionárias de sempre e transforme-se numa Twiggy 2.0 com o próximo #GETTHELOOK!

Nude make-up para o rosto com “efeito boneca”

Nude make-up para o rosto com “efeito boneca”

Criar uma make-up inspirada na atmosfera da swinging London não é nada difícil, e o resultado uau é garantido. É perfeito para uma festa temática, uma noite especial, mas também para se sentir um pouco retro e muito sofisticada com todas aquelas cores pastel e as pestanas expressivas e realçadas. Mergulhe na era da mudança e comece pela base do seu look: a make-up para rosto

O objetivo desta primeira fase é uniformizar a tez, tornando-a mais semelhante à de uma boneca de porcelana.

Vamos então começar!

1 HIDRATAR: passamos horas no ginásio para atingir a tão desejada forma física ideal (para nós, como é óbvio, não há estereótipos ou modelos universais: você já é especial :) ), mas e a pele? Pode parecer estranho, mas é possível aplicar também um treino orientado à nossa tez. Experimente um sérum para rosto multifunções, independentemente da idade que tiver: hidrata, prepara para a make-up e suaviza num só gesto.

2 UNIFORMIZAR: escolha uma base compacta “smart” de aplicação dupla, seca e molhada. A textura, envolvente e confortável, permite-lhe uniformizar a tez para conseguir um efeito naturalmente perfeito.

3 FIXAR: não poderia sentir-se nos míticos anos 60 sem pulverizar um pouco de laca nos cabelos, certo? Pois, para prolongar a duração da maquilhagem, utilize sempre um spray fixador (além disso, quem vai querer abdicar daquela sensação de frescura que sentirá sempre que o utilizar no rosto?!).

4 ADICIONAR UM TOQUE DE COR: chegou a altura da cereja no topo do bolo, o blush. Muitas vezes subestimado, o blush tem o superpoder de avivar de forma imediata a tez se utilizado devidamente (não se preocupe, que daqui a pouco já lhe vamos dar algumas dicas).

DICAS: Efeito bonne mine, please! Muito bem, quando se fala de blush, é possível que surjam algumas dúvidas, sobretudo quando vem logo ao pensamento um look não muito atrativo com duas bolinhas nas faces. Para evitar todas as formas de epic fail, eis alguns truques de aplicação:

Com uma esponja ou um pincel específico (a quantidade de produto faz toda a diferença, por isso os acessórios do ofício são fundamentais), aplique o blush à luz do sol para um resultado mais natural;

Aplique o pó antes do blush para evitar que, ao bater levemente, se misture com a base e poderá modular com mais facilidade a intensidade da cor.

Olhos como protagonistas: conhece o cat-eye?

Olhos como protagonistas: conhece o cat-eye?

A essência deste look dos anos 60 é o olhar, e a boa notícia é que o estilo daqueles anos se adapta a qualquer forma ou dimensão de olhos. O que o torna realmente único e distinto é o conjunto de elementos e técnicas de maquilhagem que todos conhecem e remetem para aquela época: lápis branco sobre a linha inferior dos olhos, pestanas enormes, lábios rosados, sobrancelhas densas e definidas, maquilhagem geométrica e o clássico vinco palpebral definido. Mas ainda há mais! Conhece, por exemplo, o cat-eye? Se a resposta é não, explicamos-lhe num instante como criá-lo.

DICAS: é uma das técnicas mais clássicas e (se tiver um pouco de paciência e habilidade) simples para dar mais destaque aos olhos, alongando-os oticamente e fazendo com que pareçam mais “felinos”.

1 Escolha um eyeliner em gel - mas também em forma de caneta ou um lápis de dupla aplicação - da cor que preferir (arrisque, há todo um mundo além do preto) e um pincel específico;

2 Trace uma linha na linha superior do olho (seguindo a união das pestanas) e alongue-a para cima/para fora.

3 Gira a espessura do traço e da cauda: pode alongá-lo de forma extrema para um look de noite ou apenas levemente para uma maquilhagem de dia feminina e prática.

Crease liner e os detalhes geométricos

Crease liner e os detalhes geométricos

Agora que já domina o cat-eye, pode passar para o nível pro e brincar com formas geométricas. Outra das heranças de beleza dos estrondeantes Sixties é o crease liner ou cut crease que, tal como no cat-eye, implica a utilização do eyeliner ou da sombra mas, neste caso, para traçar uma linha ao longo do vinco palpebral. Não se esqueça da linha inferior dos olhos: use um lápis branco para realçá-los ainda mais e o eyeliner (ou um lápis de precisão) para alongá-la sempre para fora.

DICAS: Use sombras coloridas e intensas para um efeito ainda mais bold. Preencha a pálpebra móvel até ao canto interno do olho. Se quiser, una o canto interno e externo do olho às extremidades da linha delineada ao longo do vinco palpebral (para que se torne mais claro, é como se quisesse desenhar uma gota).

Pestanas falsa ou estilo aranha?

Pestanas falsa ou estilo aranha?

Especial atenção para as pestanas neste look, para as quais só vale uma regra: exagerar! Não interessa se é ou não fã das pestanas falsas porque existem formas para que fiquem de imediato com um aspeto mais importante e para as realçar mesmo sem “ajuda”.

DICAS: Desenhe-as, especialmente as inferiores! Escolha um eyeliner líquido com pincel e com muita calma começando pela linha inferior, com pequenos traços e aplicando para baixo, recrie-as e realce-as. Tenha no entanto cuidado porque, não se sabe bem porquê, mas parece que o eyeliner sente a tensão e tende a babar mesmo quando já está a dar os últimos retoques.

Use a mascara esquecendo-se de todas as preciosas regras que certamente já conhece (movimento em ziguezague, não deixar secar uma camada antes de passar à segunda passagem, etc.) e aplique-a assim: primeiro, com a escovinha direcione as pestanas para a direita e depois faça o mesmo para a esquerda, mas sem pressa. Por esta altura, as pestanas devem parecer mais ou menos tufos e tcham!, aí tem o famoso efeito aranha que combina na perfeição com o look vintage que está a criar. Lábios pop com tonalidades claras para a make-up dos anos 60

Nos anos sessenta, os lábios tingiam-se de todas as tonalidades de rosa e de pêssego. Ponha de lado os batons de cores fortes (pelo menos até à década seguinte ;) ) e escolha um acabamento gloss para dar um toque de luminosidade e modernidade ao rosto.

DICAS: Se tiver um espírito realmente pop (e, se assim for, temos a certeza que adorará este look), pode brincar com a cor dos seus lábios, escolhendo duas tonalidades diferentes: uma para o lábio superior e outra para o inferior. Rosa e laranja, coral delicado e fúcsia… não há limites para a imaginação!

Deixe-se conquistar pelos anos 60

Deixe-se conquistar pelos anos 60

Agora, faça assim, meta um pouco de música temática e deixe-se conquistar pelos vibrantes anos 60, respire a sensação de liberdade, mudança e realce a diva que há em si.

Afinal, de que serve maquilharmo-nos se não nos sentimos logo fabulosas e nós mesmas?

Temos a certeza que já está à frente de um espelho a cantar e a fazer experiências.

Maquilhagem ao alcance da mão e smartphone carregado: tire uma foto com o seu visual e partilhe-a usando o hashtag #kikotrendsetters. Torne-se protagonista no mundo da KIKO MILANO.

Top
Fechar