Perguntas frequentes

Uso dos produtos cosméticos

  • O que é que se entende por produtos cosméticos?

    Os cosméticos são produtos para a maquilhagem (make-up), para a pele (cremes, produtos solares, etc.) e para a higiene pessoal (sabonetes, champôs, etc.). São, portanto, utilizados para o cuidado e a higiene da pessoa, para melhorar o aspeto, para proteger a pele e mantê-la em bom estado. Não sendo medicamentos, os produtos cosméticos não têm efeitos curativos. Durante a sua utilização diária, muitas vezes sem se saber, cometem-se erros que podem provocar problemas, a partir por exemplo de uma simples irritação da pele.

  • Quais são os comportamentos básicos a seguir?

    1. Ler atentamente o rótulo ou a embalagem, que devem conter:

    - Composição: lista dos ingredientes.
    - Duração do produto: consiste na data limite até à qual o produto mantém intacta a sua eficácia e permanece seguro. Se a duração for superior a 30 meses, no recipiente e na embalagem é obrigatório, por lei, a inserção do símbolo de um boião aberto no qual è aposta a duração em meses do produto (PAO = Period After Opening), isto é, o número de meses dentro dos quais o produto, uma vez aberto e bem conservado, pode ser utilizado com segurança. Esse símbolo não é necessário nos produtos de utilização única e nos aerossóis.
    - Advertências: eventuais advertências específicas para o seu uso.

    2. Também os cosméticos, como todos os produtos comerciais, poderão, em casos raros, induzir reações não desejadas. Conservar as embalagens e o produto para poder mostrá-los ao médico ou ao farmacêutico caso seja necessário identificar a substância que provocou um efeito indesejado.

    3. Deixar de utilizar o produto se aparecerem vermelhidões, ardor, prurido ou outros sintomas.

  • Como se utilizam os produtos cosméticos em segurança?

    - Lavar sempre bem as mãos antes de se começar a aplicar os cosméticos.
    - Certificar-se que todos os aplicadores estão limpos antes de utilizá-los: é um comportamento correto lavar e substituir pincéis e esponjas pelo menos uma vez por semana.
    - Qualquer produto cosmético destina-se a uma utilização pessoal: partilhar produtos pode provocar a transmissão de infeções. Em particular, na loja deverão ser sempre utilizados aplicadores limpos e fazer a prova dos produtos nas costas da mão.
    - Fechar sempre bem os recipientes logo após a sua utilização.
    - Manter os produtos cosméticos afastados de fontes de calor e da luz solar direta: a luz e o calor podem reduzir a capacidade de ação dos conservantes.
    - Não deixar cosméticos no carro, as temperaturas exteriores poderão comprometer a integridade do produto.
    - Não usar cosméticos em caso de conjuntivite.
    - Eliminar os produtos da pele quando se suspeitar que causaram irritações de qualquer tipo.
    - Nunca adicionar água ou outros diluentes a um cosmético, exceto quando o rótulo preveja essa situação expressamente. A adição de ingredientes não indicados poderá contaminar o produto com eventuais bactérias e dilui os conservantes diminuindo o nível de proteção contra as bactérias.
    - Não juntar acetona ou outros solventes aos vernizes porque pode provocar a separação da fórmula ou reações desconhecidas.
    - Deitar fora os produtos se a cor, a consistência ou o perfume sofrerem alterações.
    - Evitar a aplicação na zona dos olhos de produtos não indicados para esse uso.
    - Atenção aos arranhões da córnea provocados pela haste da máscara. Se acontecer não devem ser negligenciados porque poderão infetar e conduzir a ulcerações da córnea. De uma forma trivial, a utilização da máscara deve ser feita num momento tranquilo, evitando a aplicação no carro, no autocarro, no comboio, no avião…
    Existe a possibilidade de, durante o sono, a máscara e outros produtos entrarem no olho e provocarem prurido e vermelhidões nos olhos. Por essa razão, é importante certificar-se sempre que a maquilhagem é removida antes de ir para a cama.

  • Como se conservam os cosméticos?

    - Ler sempre o rótulo: prestar atenção às precauções de utilização e de conservação do produto.
    - Escrever no recipiente a data de abertura do produto e respeitar o prazo de validade ou o período máximo de utilização segura após a abertura.
    - Não deixar os cosméticos expostos à luz solar direta, próximos de fontes de calor ou em ambientes demasiado quentes (automóvel no verão): é melhor em lugares frescos, mas não no congelador.
    - Não conservar os cosméticos em ambientes sujos e com pó.
    - Usar os produtos para a proteção solar apenas durante uma estação.
    - Não diluir ou misturar os cosméticos com outros produtos, exceto quando tal esteja previsto expressamente nas instruções.

  • Quais são os potenciais riscos para a saúde?

    Ainda que os produtos cosméticos sejam desenvolvidos em conformidade com Regulamentos Internacionais exigentes e rigorosos, poderão ocorrer reações de intolerância. Segundo estatísticas dermatológicas recentes, 23% das mulheres e 13,8% dos homens referiram ter tido num ano “reações adversas a produtos cosméticos ou de higiene pessoal”. Se com o apoio do médico forem identificados os ingredientes responsáveis por essas reações será mais fácil evitá-los através de uma leitura atenta do rótulo antes da compra.

Top
Fechar