Perguntas frequentes

Produtos: Qualidade e Segurança

  • Os produtos KIKO são seguros e foram testados?

    A KIKO tem um compromisso sólido e inabalável para com os seus clientes: assegurar os mais elevados níveis de qualidade, segurança e eficácia em todos os seus produtos e em todos os ingredientes que usa. É por este motivo que todos os produtos KIKO são desenvolvidos em conformidade com Directivas da UE e com normas FDA (Food&and Drug Administration) dos EUA. E não só: a KIKO assegura a segurança e eficácia dos seus produtos através de testes clínicos específicos, realizados "in vitro" ou "in vivo" numa amostra de voluntários sob supervisão médica. As fórmulas KIKO são sujeitas a vários tipos de testes: hipoalergénicos, não comedogénicos, oftalmológicos, testes de FPS e UVA, dependendo da sua utilização prevista, de acordo com protocolos científicos aprofundados tanto em termos dos parâmetros avaliados como da duração. Para mais informações, visite a secção "Qualidade KIKO"
  • Os produtos KIKO contêm metais pesados?

    Comunicado da KIKO MILANO.
    A KIKO MILANO utiliza as últimas descobertas da investigação cosmética para oferecer produtos de alta qualidade às mulheres de todas as idades.
    Todos os produtos são submetidos a rigorosos testes clínicos de segurança para garantir a fiabilidade e inocuidade de cada fórmula. A KIKO dedica atenção, cuidado e esforço para oferecer o melhor da inovação cosmética e a máxima segurança. Os produtos da KIKO estão em conformidade com todos os requisitos da legislação europeia relativa aos produtos cosméticos e, em consonância com o Regulamento (CE) n.º 1223/2009, não contêm metais pesados.
    Os metais pesados não são admitidos em nenhum produto cosmético. Além disso, a sua presença só é detectada com técnicas de análise específicas, métodos validados e equipamentos de laboratório adequados.
    É importante que todas as mulheres saibam que estes materiais não podem ser detectados com métodos “domésticos” como, por exemplo, passar ouro nos batons. Para qualquer análise, válida cientificamente, é necessário enviar as amostras para laboratórios exteriores reconhecidos capazes de efectuar estas detecções.
    Os produtos KIKO são testados, eficazes e seguros.
     

  • O que significa o sufixo “nano” presente em algumas listas de ingredientes?

    O sufixo "nano" adicionado a alguns ingredientes, indica que essas matérias-primas têm dimensões moleculares de 1 a 100 nanómetros (unidade de medida 1.000.000 vezes mais pequena que o milímetro). A inclusão do sufixo "nano" é exigida nos termos do Regulamento n.º 1223/2009, que entrou em vigor em julho de 2013.

    As nanotecnologias são sistemas inovadores de processamento das matérias-primas, através das quais os materiais assumem propriedades diferentes daquelas que exibem em escala macroscópica. Permitem aplicações únicas e melhoram a qualidade dos próprios produtos. Exemplos de utilização de nanomateriais e nanotecnologias podem ser encontrados nos seguintes campos: médico, farmacológico, cosmético, mecânico e elétrico. Os nanomateriais, aprovados pela Comissão Europeia para uso cosmético, são seguros.

    A KIKO MILANO cumpre escrupulosamente os requisitos do Regulamento 1223/2009 e de quaisquer ajustamentos posteriores, mantendo-se constantemente atualizada sobre os pareceres dos comités científicos tais como: SCCS, Cosmetic Europe e FDA.
     

  • Onde são feitos os produtos KIKO?

    A KIKO realiza continuamente investigação com vista a alcançar o melhor produto possível em termos de fórmulas e de embalagens. Quase todas as nossas fórmulas são FABRICADAS EM ITÁLIA. Alguns produtos como, por exemplo, vernizes para as unhas e lápis são produzidos respectivamente em França e na Alemanha. Alguns são produzidos no Japão (artigos de manicura) e nos Estados Unidos, conforme indicado na embalagem de acordo com a lei.

    Somos contra a produção de maquilhagem e de artigos de cuidados para a pele na China. A KIKO apenas adquire pincéis e acessórios a países asiáticos, uma vez que a produção destes é mais especializada e que estes artigos são de uma qualidade mais satisfatória.

  • Tenho alergias cutâneas. Posso utilizar os Produtos KIKO em segurança?

    A alergia é uma resposta inadequada e prejudicial dos mecanismos de defesa do organismo face a substâncias alimentares, inofensivas para os indivíduos não alérgicos.
    Toda a gama de maquilhagem da KIKO, assim como os produtos dedicados ao cuidado do rosto e do corpo são hipoalergénicos, ou seja formulados para reduzir ao mínimo o risco de alergias cutâneas. No entanto, se no passado já teve reações de sensibilização após o uso de produtos cosméticos pode realizar um teste. Bastará aplicar uma quantidade de produto do tamanho de uma moeda (retirando-a de um tester) na parte interna do antebraço e deixar passar, de preferência, um dia inteiro. Se a zona apresentar uma tonalidade avermelhada ou qualquer tipo de reação, o produto contém provavelmente uma matéria-prima não tolerada. A ausência de qualquer reação significa que pode utilizar o produto sem problemas. Em caso de reações adversas solicitamos-lhe que nos comunique as mesmas: contacte o Call Center ou desloque-se ao ponto de vendas KIKO mais próximo, onde serão recolhidas todas as informações necessárias a enviar para a Sede.
    Para mais informações, visite a secção “A qualidade KIKO".

  • Onde posso encontrar uma lista dos ingredientes utilizados nos vossos produtos?

    A lista dos ingredientes (INCI) encontra-se no produto ou na embalagem de cada produto e pode ser consultada diretamente nas lojas, incluindo com o apoio do Pessoal de Vendas.

  • Os produtos KIKO são comedogénicos?

    Todos os tratamentos para corpo, rosto e de maquilhagem KIKO são desenvolvidos e testados utilizando critérios não-comedogénicos para impedir a formação de comedões (pontos negros).

    Para mais informações, visite a secção "Qualidade KIKO".

  • Os produtos KIKO contêm níquel?

    Níquel nunca é utilizado como ingrediente no fabrico de cosméticos, uma vez que é proibido pela União Europeia; na realidade, não está presente na lista de ingredientes de qualquer um dos nossos produtos.

    Apesar das nossas listas de ingredientes serem completas e obviamente em conformidade com a lei, é impossível assegurar que as matérias-primas utilizadas não contêm minúsculos vestígios - na ordem das partes por milhão - de algumas substâncias que não estão listadas, incluindo níquel.

    Como tal, nem a KIKO nem qualquer outro fabricante de cosméticos pode garantir a ausência absoluta deste metal.

    Naturalmente, as alergias ao níquel não são provocadas apenas por cosméticos, mas também por alimentos consumidos frequentemente (tomates, vegetais, fruta, chocolate, etc.). Pessoas especialmente sensíveis devem utilizar linhas de produtos desenvolvidas especificamente para pessoas com fortes alergias. Pessoas com alergias ligeiras ou com intolerância temporária podem realizar um teste cutâneo caso estejam interessadas em comprar produtos. Tudo o que tem de fazer é aplicar uma quantidade da dimensão de um moeda de produto (obtida junto de produto de teste) na parte interior do seu cotovelo. Idealmente deverá deixar decorrer um dia; caso contrário, por vezes 20 a 30 minutos são suficientes. Se a área apresentar uma cor avermelhada ou qualquer tipo de reacção, o produto contém uma matéria-prima que não é tolerada. Se não ocorrer nenhuma reação, pode utilizar o produto em segurança.

  • Os produtos KIKO contêm parabenos?

    Os parabenos encontram-se entre os conservantes mais amplamente utilizados nas indústrias cosmética, farmacêutica e alimentar uma vez que são extremamente eficazes em manter os produtos estáveis, protegendo as texturas destes contra contaminação ou contra deterioração ao longo do tempo e da utilização.

    Estes ingredientes em partículas são estudados, regulados e completamente aceites pela União Europeia e pela FDA nos Estados Unidos. Isto significa que foram testados repetidamente para verificar se são completamente seguros. Para além disso, existe uma pequena percentagem de pessoas que são alérgicas a parabenos. Assim como acontece com muitas outras alergias, aparentemente a percentagem destas pessoas tem vindo a aumentar. A indústria cosmética e a KIKO estão a investigar outros métodos de conservação que sejam tão eficazes como os parabenos, com vista a minimizar ainda mais o risco de reacções alérgicas. Esta investigação ainda se encontra em curso. Muitos produtos KIKO são formulados actualmente sem a utilização de parabenos.

    Sempre que aplicável, a indicação "sem parabenos" é claramente indicada na embalagem dos produtos KIKO e nas descrições publicadas no site.

  • Os produtos KIKO contêm glúten?

    O glúten é um complexo de proteínas contido no trigo, cevada, espelta, Kamut e em outros cereais menores e como conseguinte, na farinha obtida da moagem destes. Isto torna todos os alimentos feitos a partir destes cereais ou que contenham glúten tóxicos para pessoas que sejam seriamente afectadas por doença celíaca após contaminação com o mesmo. Como tal, esta é uma reacção desencadeada por ingestão, a qual não deve ser confundida com uma alergia de contacto.

    As pessoas que padecem efectivamente de doença celíaca estão geralmente bem informadas sobre ingredientes que podem conter glúten e excluem-nos totalmente da sua dieta. Acredita-se que o risco de intolerância é limitado à industria alimentar e que é praticamente inexistente em produtos cosméticos. Na realidade, não foi comprovado que a absorção transdérmica (através da aplicação na pele) de um produto cosmético que contenha vestígios de glúten possa ser prejudicial para pessoas que padeçam de doença celíaca. Igualmente, o risco de ingestão, que em relação a cosméticos está limitado a bâtons e a pasta dentífrica, é mínimo: seria necessário "comer" efectivamente o bâton ou lip gloss em questão, uma vez que passar apenas a língua pelos lábios com toda a probabilidade é considerado algo insignificante. Relativamente a bâtons KIKO, não pode ser afirmado que estes são isentos de glúten. Alguns bâtons ou lip glosses podem na realidade conter vestígios ou fontes de glúten, mas a quantidade do produto que seria ingerida em qualquer dos casos seria mínima. O valor que esta quantidade "mínima" teria de ter com vista a não desencadear uma resposta em pessoas que padecem de doença celíaca ainda não foi estabelecido por quaisquer estudos ou normas oficiais no âmbito dos cosméticos. É por isso, apesar da tendência geral parecer excluir o facto destes serem perigosos, que existem pessoas que preferem evitar produtos para lábios que possam conter glúten. Recomendamos portanto que pessoas com doença celíaca verifiquem a lista de ingredientes dos nossos produtos para lábios, possivelmente com a ajuda do seu respectivo médico, com vista a excluir a presença de substâncias que possam conter glúten. Este tipo de verificação aplica-se apenas a produtos para lábios. Em relação a outros produtos incluídos nas linhas de maquilhagem e de cuidados de pele, a KIKO (como a maioria dos outros fabricantes de cosméticos) não é actualmente capaz de excluir a presença de vestígios de glúten. Consideramos, contudo, os nossos produtos como sendo inofensivos neste aspecto.

  • Os produtos KIKO contêm fragrâncias?

    As fragrâncias nos nossos produtos, quando presentes, são selecionadas pela sua suavidade assim como pela sua tolerabilidade.

    A grande maioria das fragrâncias contêm substâncias que provocam alergias denominadas alergénios; se presentes, estas têm de ser indicadas no rótulo, mesmo que contenham apenas uma percentagem mínima. Sempre que possível, tendemos a utilizar fragrâncias isentas de alergénios, as quais devem provocar menos problemas. A fragrância é indicada na lista de ingredientes como PERFUME ou FRAGRÂNCIA, quando presente.

  • Os produtos KIKO são "naturais"?

    As palavras "produto natural" não são legalmente vinculantes e são geralmente utilizadas para indicar uma série de produtos que são distribuídos através de canais específicos (por exemplo, uma cadeia de lojas de alimentos saudáveis) que têm uma forte conotação "botânica" e uma incidência sobre ingredientes activos de origem vegetal. Os nossos produtos contêm ingredientes activos de qualidade excelente de última geração de origem natural, biotécnica ou sintética, desenvolvidos para optimizar o desempenho do produto e assegurar os melhores resultados possíveis.
  • Após a utilização da Eyeshadow n.º 147 (ex. 41) reparei em vermelhidão nas minhas pálpebras. Isto é normal?

    A Eyeshadow n.º 147 (ex. 41) é um violeta muito pigmentado, o qual é difícil de encontrar noutras linhas de fabricantes de cosméticos, uma vez que estes geralmente oferecem tonalidades idênticas que são muito menos intensas. A vivacidade específica desta cor é o resultado do tipo de pigmento utilizado, o qual tem tendência para manchar ligeiramente a pele; é por este motivo que recomendamos a aplicação de uma base neutra previamente como, por exemplo o nosso Eye Base Primer, ou de um corrector nas pálpebras e a remover a maquilhagem dos olhos com um produto bifásico.

    Para além disso, o violeta é pela sua própria natureza a cor que mais facilmente desencadeia uma ligeira sensação de desconforto nas pálpebras de pessoas especialmente sensíveis (isto aplica-se a todos os violetas, incluindo aqueles fabricados por outras marcas). Geralmente, esta reacção desaparece quando deixa de utilizar o produto. A sensação pode tornar-se mais evidente quando a cor se fixa, dando a impressão de que a vermelhidão se deve a uma reacção cutânea em vez da fixação da própria cor.

  • Reparei que os produtos para cuidados de unhas Extra Strong & Hard e Extra Care Long & Shiny contêm formaldeído. A utilização destes produtos é prejudicial à saúde?

    O formaldeído é um componente que é plenamente aceite pela União Europeia como um endurecedor instantâneo para as camadas superiores das unhas, desde que seja utilizado numa percentagem igual ou inferior a 5%, calculada em aldeído fórmico (com referência à Diretiva 2007/17/CE).

    Os nossos produtos Extra Strong & Hard and Extra Care Long & Shiny enquadram-se perfeitamente nesta gama e como tal a sua utilização é absolutamente segura, quando devidamente aplicados nas unhas, tendo cuidado para evitar as cutículas ao mesmo tempo que se protege a pele com uma substância oleosa . Se preferir utilizar um produto isento de formaldeído, recomendamos a gama White Strong & Shiny, que combina o desempenho fortificante das unhas com efeito branqueador e que não contém formaldeído.

  • Os produtos KIKO têm um prazo de validade?

    As Directivas da União Europeia estabelecem que se a estabilidade de um produto cosmético exceder 30 meses, não é obrigatório indicar um prazo de validade; isto aplica-se a todos os produtos KIKO. Contudo, é obrigatório indicar o Período após abertura (PAO), ou a duração do produto, expresso em meses, a partir da altura em que é aberto. Todos os nossos produtos apresentam esta indicação exceto os produtos de dose única e os produtos acondicionados sob pressão, conforme previsto na lei.
  • Onde posso comprar Produtos KIKO?

    Os produtos KIKO são vendido exclusivamente nas nossas lojas de marca única e no site na Internet em kikocosmetics.com. Ambos estão claramente identificados com a sinalização "KIKO MILANO", a qual é uma garantia de qualidade, inovação e segurança para todos os produtos cosméticos disponibilizados.

  • Comprei um produto KIKO com defeito. O que devo fazer?

    Se comprou o produto on-line, consulte a pergunta "Recebi um produto com defeito através da minha encomenda on-line. Posso devolvê-lo?"

    Se comprou o produto numa loja, consulte a pergunta "Comprei um produto com defeito numa loja. O que devo fazer?

Top
Fechar